Bratislava em clipe de Desfecho

A banda brasileira Bratislava está encerrando um ciclo e o fazendo em grande estilo.

Nesse encerramento de 2020, “Desfecho” vem para celebrar histórias de seus integrantes, da banda, do isolamento e de movimentos tão intensos pelos quais todos passamos recentemente. É uma virada de página com muito a se absorver.

Além de tudo, a faixa tem a responsabilidade de colocar fim à formação da banda responsável por gravar os discos Um Pouco Mais de Silêncio (2015) e Fogo (2017), com músicos que também levaram a Bratislava aos palcos de festivais como Lollapalooza Brasil e DoSol, além de diversos shows pelo país.

Entre 2018 e 2020, o grupo teve as saídas de Sandro e Alexandre, e agora também se despede de Lucas, sendo que o baterista pediu para que uma última canção fosse lançada como forma de marcar o fim desse período.

Bratislava e “Desfecho”

Pois tudo nasceu em uma “jam de quarentena” que a banda aproveitou para se conectar, trocar ideias e inclusive compor uma nova canção. A partir daí, as gravações foram divididas entre o estúdio Family Mob, em São Paulo, e os home studios dos integrantes da banda, tendo os produtores Hugo Silva e Ian Fonseca ao lado.

Lennon Fernandes fez a pré-produção das baterias e o instrumento é destaque no clipe oficial da canção, que mostra Lucas tocando em um campo aberto enquanto o sol se põe e simboliza o fim de seu período com a banda.

Cartas de Despedida

Assista logo abaixo, com exclusividade, ao novo vídeo do grupo. Antes disso, veja uma série de “cartas” exclusiva de despedida escritas pelos músicos da banda a respeito desse período.

“Desfecho” já está em todas as plataformas de streaming e na playlist oficial do TMDQA! no Spotify.

A nova formação da banda conta com Victor Meira, José Roberto, Jonas e Gustavo.

Zé Roberto

“Desfecho” foi, com certeza, uma das músicas mais desafiadoras que já fiz com banda, a primeira inédita que participo com a bratis, a última a contar com o Lucas nas baquetas… e obviamente fazendo tudo acontecer em 2020. Acho que a carga emocional da experiência tá evidente no som. Além do aprendizado na produção/gravação à distância, (um salve em especial pro mago Hugo, que nos ajudou nessa missão) fica uma lembrança gostosa dos momentos que dividi com o Lucas desde entrei na banda – os shows, as trocas, as risadas. O clipe fecha este ciclo e eterniza a memória e o sentimento por um cara tão único, com muitos desfechos e recomeços ainda por vir. Obrigado e sorte Lukitcha, sorte pra todos nós.

Jonas Andrade

Essa gravação foi muito marcante para mim, primeiro som que componho e gravo na banda e último do Lucas, que bate asas para outros horizontes. Uma palavra que resume essa experiência é aprendizado: aprendendo a me virar nos DAWs, lapidando meu play com o Hugo, entendendo o que é compor com os meninos, mesmo que à distância. Mas uma coisa é certa: serviu pra nos fazer mais perto, mesmo que distantes. Fica marcada como um desfecho digno para o Luke, gratidão de ter feito isso com ele.

Lucas Felipe Franco

Meus amigos, UAU! Que jornada incrível essa de ter integrado a Bratislava durante esses anos e que privilégio poder guardar todas essas memórias incríveis dos shows, dos microfones apitando, das viagens em carro apertado, dos festivais, das gravações e dos papos intermináveis sobre um amor em comum: a música! Mas, escrevendo isso agora e lembrando de toda trajetória, percebo que, mais do que integrar uma banda, ter banda é se expressar todos os dias sobre amizade. E eu fui um sortudo de ter os melhores amigos nos melhores momentos, e esses amigos se tornaram meus irmãos, que foram generosos comigo me emprestando seus talentos para que eu pudesse viver coisas que eu sequer imaginava! Eu vou, mas vou continuar de pertinho, acompanhando e com o coração cheio de gratidão por esses anos que eu toquei na Bratislava. Lá na frente, quando eu estiver bem velhinho, são essas histórias que eu vou contar! Amo vocês, muito obrigado, mas muito obrigado mesmo, por tudo!

Victor Meira

Lucas foi um irmão que a vida me deu. Caiu assim, do céu mesmo. Decidimos tocar juntos no dia em que nos conhecemos, muito antes de pegarmos os instrumentos. E essa conexão foi a liga pelos quase 8 anos juntos nessa estrada musical. Fico de coração apertado pela saída, mas ao mesmo tempo feliz demais pela nova fase que se inicia na vida dele. Desfecho é um presente de despedida. Cada verso da canção foi escrita pensando nele, nessa virada de página tão grande, neste fim de ciclo pra ele e pra banda. A amizade segue e sei que vou encontrá-lo em todos os futuros shows da Bratislava. E para além da história da banda, Desfecho é sobre fins e recomeços. É sobre coragem de tomar decisões e iniciar novas aventuras ao se desfazer das anteriores. 2020 foi um ano de muito pesar, muita dor, e, justamente por isso, muito aprendizado. Pra todos que viram ciclos se fechando nesse ano, fica meu desejo pra reinícios cheios de alegria e vontade!

~~~Newspaper > Ads > YOUR ARTICLE BOTTOM AD — PAINEL WORDPRESS~~~

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar