HBO Max lança “Confisco”, documentário sobre o bloqueio de reservas bancárias em 1990

Produção da HBO conta como se deu o Plano Collor, além das repercussões da decisão política na vida da população

Confisco HBO Max
Foto: Divulgação/HBO
 

A HBO Max lançou, nesta terça (09/11), o documentário Confisco, produção que traz detalhes do impacto do Plano Collor no Brasil. Pouco mais de 30 anos depois, o documentário relembra como aconteceu o bloqueio das reservas bancárias dos brasileiros que aconteceu no início de 1990 e como isso afetou a vida de milhares de cidadãos.

Disponível a partir de 09 de Novembro, Confisco conta com o depoimento de pessoas que estavam diretamente envolvidas no Plano Collor, como a ex-ministra da Economia Zélia Cardoso de Melo, além de brasileiros comuns que foram afetados pelas decisões econômicas feitas pelo governo da época.

Também foram entrevistados a jornalista econômica Lillian Witte Fibe, o sindicalista Vicentinho, os economistas Gustavo Loyola e Luiz Gonzaga Belluzzo, o advogado Josué Rios e o sociólogo Brasilio Sallum Jr, figuras muito importantes no contexto histórico.

O Confisco

Para quem não se lembra – ou sequer era nascido na época – o governo do então presidente Fernando Collor bloqueou as reservas bancárias da população, incluindo as poupanças, como tentativa de conter a inflação – que chegava a impressionantes 80% ao mês.

A obra mostra a dor das famílias que sofreram os efeitos desta decisão política, além de explicar como o Brasil chegou a esse ponto. O impacto foi enorme para os cidadãos, que viviam um clima geral de esperança após a primeira eleição direta depois do período da Ditadura Militar.

Confisco é um documentário exclusivo HBO, coproduzido pela Boutique Filmes, com direção e roteiro assinados por Felipe Tomazellie e Ricardo Martensen.

Assista ao trailer:

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.