Há 50 anos, Led Zeppelin jogava “Stairway to Heaven” ao mundo em seu quarto disco de estúdio

"Led Zeppelin IV" ainda tem faixas como "Black Dog", "Rock and Roll" e outros grandes sucessos

 

Há exatos 50 anos, no dia 8 de novembro de 1971, o Led Zeppelin lançava seu quarto — e mais grandioso — disco de estúdio homônimo.

Led Zeppelin IV, como é conhecido, é um dos disco mais bem-sucedidos da história da música. Nele, está nada mais nada menos que “Stairway to Heaven”, o maior hit da banda, além de outras faixas como “Rock and Roll” e “Black Dog”.

No mundo inteiro, foram mais de 37 milhões de cópias vendidas. Só nos Estados Unidos, foram 24 certificados de platina, e até hoje o disco é o quinto mais vendido de todos os tempos — na categoria de discos britânicos, empata com o White Album, dos Beatles, no primeiro lugar.

Com uma gravação que começou em dezembro de 1970, em Londres, o disco contou produção do guitarrista Jimmy Page, além da participação do engenheiro de som Andy Johns, antigo colaborador do grupo. No fim das contas, a banda acabou mudando de cidade, para Hampshire, e converteu uma casa de campo chamada Headley Grange em estúdio, usando ainda materiais emprestados pelos Rolling Stones.

Sobre o processo de gravação, o baixista John Paul Jones disse:

Foi tudo um pouco experimental. Mas foi a primeira vez que realmente ficamos juntos. Antes, estávamos gravando em estúdios… e era sempre hotel, estúdio, hotel, estúdio. Nunca tínhamos estado em um lugar assim, e tínhamos instalações de gravação lá. Foi realmente uma nova maneira de trabalhar para nós, e acho que foi uma maneira muito boa.

Origem de “Stairway to Heaven”

Já o vocalista Robert Plant relembrou a composição do hit mais famoso do disco:

Eu estava sentado ao lado de Jimmy em frente à lareira, em Headley Grange. Ele escreveu uma sequência de acordes e estava tocando para mim. Eu estava segurando um lápis e papel, e de repente minha mão começou a escrever as palavras, ‘there’s a lady who’s sure all that glitters is gold…’ Me sentei ali, olhei para as palavras e quase pulei da cadeira. Olhando para trás, suponho que até corrigi a postura na hora.

Um relato incrível para um álbum incrível, não? Ouça abaixo.

Led Zeppelin IV

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.